O Homem Besouro >> Making Of

A Society of Virtue é o projeto mais bacana de 2017. É tão legal que todo mundo achava que era gringo. Os R-MENGinger Panther, Bernard & Fredick e o resto dos super-heróis que enfrentam os problemas que nem sabiam que tinham (e talvez preferissem não saber) já chegaram ocupando seu lugar de destaque nos corações dos amantes da Cultura POP com os roteiros verdadeiramente engraçados do Ian e a arte foda do menino Thobias. Todas as terças tem video inédito no Youtube e webcomics exclusivas na APP.

Aqui temos a primeira ilustra do Homem Besouro, personagem central da webcomic que desenhei para a APP. Acompanhando de seus amigos, o Homem Capivara e o Orquídeoman, eles são os protetores da Amazônia. Grandes poderes e grandes responsabilidades, mas não tenha dúvida, tudo tem seu preço.

 


TIMELAPSES

Timelapse do primeiro quadrinho da primeira página da webcomic “BEETLE MAN – O Homem Besouro” da Society of Virtue. Mais ou menos uma hora e meia de trabalho. A trilha sonora é a música “Pickin’ Tomatoes”, da banda de rock holandesa “Shocking Blue”. Foi composta por Robbie Van Leeuwen e lançada em 1968 no album também chamado “Shocking Blue”.

Timelapse do segundo quadrinho da quarta página da webcomic “BEETLE MAN – O Homem Besouro” da Society of Virtue. Um pouco mais de duas horas de trabalho. A trilha sonora é a música “Walk Don’t Run”, da banda banda instrumental estadunidense “The Ventures”. Foi lançada em 1960 no album do mesmo nome.

Timelapse do último quadrinho da quarta página da webcomic “BEETLE MAN – O Homem Besouro” da Society of Virtue. A trilha sonora é a música “The Herd”, da banda holandesa “Mudcookies”. Foi lançada em 2015 no album também chamado “The Herd”.

 

DIBURROSGRAM X – STAR WARS Visions

Fuçando nos cadernos velhos, notei que tive um bom índice de acertos nos palpites pro Episódio VII do #STARWARSa partir daqui, cuidado #SPOILERS – Na ilustração pro OmeletTV 208, no comecinho de 2013, acertei que Leia e Han teriam um filho único meio tranqueira que carrega o capacete do vovô pra lá e pra cá. O nome foi na trave, de “Cauã” pra Kylo. Acertei também que a Leia ia sobrar com o Chewie. Mas errei ao incluir o Lando, o que pra mim foi um tapa na cara da sociedade intergalática. Bem, olhando de novo, parecia até meio óbvio, não? #TheForceAwakens

A photo posted by Marcelo Braga (@elbragon) on


Abaixo, Cauã Skywalker in color (nota-se que o capacete do Darth Vader ficou bem ruim) #NonCanon

A photo posted by Marcelo Braga (@elbragon) on

Agora, com a miniatura a quinze contos nas bancas, ninguém mais tem desculpa pra desenhar torto o capacete do velho Darth #EstamosDeOlho

A photo posted by Marcelo Braga (@elbragon) on